O gelado é sinónimo de prazer. Que se tem num dia de calor, de férias de Verão, na praia, na esplanada ou no fim de uma refeição.

Para os grandes apreciadores de gelados, como eu, mesmo em pleno inverno, a sensação que se tem quando se come esta iguaria é de um bem-estar que nenhum outro doce consegue dar.

Em Itália, com frequência se troca o almoço por um gelado bem servido com muitos sabores, tantos quanto o copo ou o cone escolhido comporta.

já no Séc. XIII, os gelados eram considerados como um prato de luxo, na Europa.

Mas reza a história que os primeiros gelados foram confecionados na China, há mais de 2mil anos e que eram feitos com flocos de neve aos quais se adicionavam várias frutas e mel.

Terá sido o italiano Marco Polo a trazer esta iguaria para a Europa. E desde aí, sempre foi muito apreciada pelos membros da realeza e pela aristocracia.

Gelados

A Itália é conhecida pelos seus magníficos gelados, que são feitos de uma forma artesanal e apreciados todo o ano. Realizam-se concursos gastronómicos só com esta iguaria e tal como o nosso famoso Pastel de Nata, em Itália, a gelataria que ganha um concurso tem filas á porta de moradores e turistas que querem comprovar esta distinção.

Este ano, visitei na Toscana, em San Gimignano, a famosa Gelataria Dondoli, que ganhou duas vezes a Copa do Mundo de Gelados. E aqui fica o meu testemunho que realmente, os Italianos são os Melhores Gelados do Mundo.

Foi esse sabor que eu quis trazer para Portugal.

Fui a Florença, a uma Universidade de artes gastronómicas aprender com os melhores e foi na Tia Malaca que partilhei com todos os participantes o saber que trouxe de Itália.

Para quem não teve oportunidade de participar neste curso, convido a virem na próxima Edição Curso Gelados Artesanais já agendada para Setembro. Dias 21 e 22, das 14.00H às 19.00H

Para quem já os faz, deixo aqui algumas dicas para que, este Verão, os seus gelados fiquem ainda melhores.

5 DICAS PARA FAZER UM BOM GELADO ARTESANAL

  • Escolha ingredientes de qualidade:
    Desde o leite, às natas, aos ovos, à fruta, ao chocolate. Quanto melhor e mais fresco forem os ingredientes mais saboroso ficará o seu gelado.

  • Escolha sabores sazonais ou locais:
    Se fizer gelados de fruta, escolha sempre fruta da época; é mais barata, mais doce e mais fresca. Se escolher produtos locais, também o preço é inferior, a qualidade e a frescura melhor, sem recurso a conservantes.

  • Cuidado com a utilização de adoçantes
    Se pretende fazer um gelado com menos açúcar escolha a fruta bem madura, utilize um açúcar mais saudável como o açúcar de coco ou então um adoçante natural como a stevia.
    Cuidado com os adoçantes artificiais, além de maus para a saúde podem tornar o gelado muito duro e de sabor desagradável

  • Não encha a Máquina de Gelados:
    O gelado precisa de espaço para crescer ao fazer o extravasamento (incorporação de ar durante a congelação)
    Se a maquina estiver muito cheia o gelado não vai expandir e o não vai ficar com uma boa textura.

  • Faça pequenas quantidades de cada vez
    Desta forma, evita problemas de congelação e armazenamento. Garantindo sempre o sabor e a qualidade do seu gelado.